terça-feira, 23 de agosto de 2011

EU CONSIGO...


EU CONSIGO...

LOGICO, UM PAPEL VELHO E AMASSADO HÁ DIAS NUM BOLSO, ESPERA RABISCOS QUE SIMBOLIZAM UMA NOVA ERA. UMA ERA DE AMOR NAS ESTRELAS, ORGASMOS SEDENTOS, OLHARES AVASSALADORES E CORPOS QUENTES EMBALADOS NO TIC TAC DO RELÓGIO CORAÇÃO... A CADA BATIDA UMA NOVA E GOSTOSA SENSAÇÃO CAPAZ DE APAGAR QUALQUER MOMENTO DE INFELICIDADE. ABRINDO SORRISOS EM SEQUENCIAS MATEMATICAMENTE INCONTAVEIS...
EU EM SINTO ASSIM: FELIZ! DEIXO EXPLICITO O MEU SENTIMENTO DE HOMEM HUMANO. AQUELE SENTIMENTO QUE FAZ A MÃO SUAR, OS PELOS DO CORPO ERIÇAR, SENTIR O FOGO DO AMOR MESMO QUE O AMBIENTE ESTEJA ABAIXO DE ZERO...
HEI DE GRITAR PARA O MUNDO, MESMO QUE ELE INSISTA EM NÃO DAR-ME OUVIDOS. FAÇO QUESTÃO DE ESCREVER NAS PAGINAS DO TEMPO EM QUE VIVO, DETALHANDO ESSE SENTIMENTO ATREVIDO EM LETRAS CRAVADAS: EU CONSIGO AMAR!

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Ao ler fiquei toda arrepiada, muito lindo!!!

    ResponderExcluir